Inscrições encerradas!

1 06 2010

Estão encerradas as inscrições para os concursos de Contos e Poesias e Vídeos de Bandas. Agora é esperar a lista dos textos selecionados. Fique de olho no blog. A qualquer momento publicaremos a listagem dos textos que farão parte da primeira coletânea de poesias e contos da UVV.

Anúncios




Quer ganhar um livro autografado?

19 03 2010

E aí, quer ganhar um livro autografado pelo músico e escritor Gabriel O Pensador? Então crie uma frase sobre o Trote da Cidadania UVV e deixe no comentário. As três melhores frases receberão um livro autografado pelo Gabriel e uma camisa do Trote da Cidadania. Aproveite, é sua última chance de conseguir o livro!! Resultado na segunda-feira.





Vencedores da promoção!

16 03 2010

Será que você é um dos vencedores da promoção “Comente o post Nada de Violência e ganhe um exemplar do livro Diário Noturno”? Você não comentou o post? Então ficou sem seu exemplar. Mas os amigos do Trote da Cidadania SUELLEN SEABRA, MONÁH, LELLO e EDUARDO (Dudu Antenado) faturaram, cada um, um exemplar do livro “Diário Noturno” de Gabriel O Pensador e, quem sabe, amanhã vão poder pegar autógrafo com o rapper??

Continuem de olho no nosso blog porque mais promoções estão vindo por ai!!

Os vencedores devem entrar em contato para retirar o prêmio com a comissão organizadora do Trote da Cidadania UVV. (27) 3421.2089





Leitura – Uma questão de hábito

1 02 2010

Por Felipe Maurício

A poetisa norte-americana Emily Dickinson costumava dizer: “Não há melhor barco do que um livro para nos levar a terras distantes”. No entanto, o apreço pela leitura atualmente não é tão difundido como deveria ser.

Apesar do grande esforço do Governo para democratizar a leitura no país, perdura a falta de interesse por grande parte da população pelo hábito da leitura e do consumo editorial. É estranho pensar que um país como o Brasil, berço de grandes gênios da literatura e reconhecidos internacionalmente, seja uma nação em que a maior parte da população não se interesse pela leitura.

Recentemente, o Instituto Pró-Livro, associação privada e sem fins lucrativos, cujo objetivo é fomentar a prática da leitura e a difusão do livro, realizou uma pesquisa que traça as principais características dos brasileiros quanto à leitura. Os dados coletados demonstram que as pessoas tem pouco interesse em ler e não dão a devida importância para esse hábito.

A pesquisa demonstra que o hábito de leitura é incitado a partir das referências pessoais, sendo que os entrevistados citaram em ordem de importância, a mãe, o professor, e o pai; sendo estes os grandes influenciadores nesse hábito; enquanto 63% dos entrevistados admitiram que nunca ou quase nunca viram seus pais lendo habitualmente.

Um ponto divergente citado na pesquisa é a razão pelo qual não se lê. A falta de tempo para ler é citada por 29% dos entrevistados, enquanto 27% da população afirma não ter tal hábito por desinteresse e 16% citam a preferência por outras atividades em detrimento a leitura.

Para a presidente do Instituto Pró-Livro, Sônia Machado Jardim, tal motivo (falta de tempo) é apenas uma desculpa. “Eu, leitor, não gosto de ler e, por isso, digo que não tenho tempo. Para essas pessoas, sugiro apenas uma coisa: experimente carregar consigo um livro de bolso e, quando estiver em uma fila de banco, cansado de esperar e comece a ler. Você vai perceber que precisa, apenas, aproveitar o tempo vago que possui”, afirma Sônia.